sexta-feira, 15 de junho de 2018

'Não me calarei', diz ator negro baleado ao ser confundido com bandido

© Teatro Vila Velha/Divulgação Os agentes da Polícia Civil, que estavam à paisana, estavam a procura de bandidos que minutos antes haviam assaltado uma mulher na praça do Campo Grande
O ator baiano Leno Sacramento, de 42 anos, que levou um tiro da Polícia Civil da Bahia na quarta-feira (13) ao ser confundido com um bandido, se manifestou em seu Instagram.
“(...) Eu já estou bem fisicamente, mas não psicologicamente, agradeço pela força, carinho, energia, enfim… Peço desculpas hoje por estar muito emocionado e não falar tudo que preciso falar… Mas não se preocupem, não me calarei, não nos calaremos, ah!, a bala não foi de raspão e quando eles pediram para parar, paramos”, declarou.

Leno Sacramento atualmente encena a peça 'En(cruz)ilhada', monólogo no qual discute o racismo e as mortes simbólicas do negro na sociedade. 

Ele também está em cartaz com o espetáculo 'Cabaré da Raça'. 

Com 28 anos de trajetória, o Bando de Teatro Olodum é um dos principais grupos artísticos da Bahia e já revelou atores como Lázaro Ramos.
Notícias ao Minuto

Nenhum comentário:

Postar um comentário