domingo, 17 de junho de 2018

Governador Flávio Dino recebe alunos do IEMA campeões em competição internacional de robótica

Os alunos do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (IEMA), que conquistaram uma série de prêmios no Torneio Internacional de Robótica, realizado em São Paulo, foram recebidos pelo governador Flávio Dino neste sábado (17), no Palácio dos Leões. 

"Em pouco mais de três anos, o IEMA já produz resultados expressivos em todas as áreas. Nós temos aqui os alunos de robótica que, de 12 competições, pontuaram entre as primeiras colocações em nove, mostrando para o Brasil inteiro o acerto numa política de educação pública que promove igualdade de oportunidades, desenvolve talentos e motiva os estudantes", destaca o governador Flávio Dino. 
Um dos destaques da apresentação do IEMA foi o Roboizinho, que já havia conquistado outros prêmios anteriormente. Na categoria Dança, as equipes do instituto ficaram com o primeiro e o terceiro lugares. 

Carla Marvão, aluna do IEMA de Bacabeira e integrante da equipe de robótica que montou o Roboizinho afirma que o resultado é fruto de todo o incentivo que é dado dentro da sala de aula.

"Foram três meses entre a ideia de fazer o Roboizinho e a competição. Dias muito intensos de dedicação dos alunos e professores", conta a estudante. 

Na competição, as equipes eram compostas por alunos das unidades de São Luís, Bacabeira e Pindaré. 

Cada uma das unidades conquistou um primeiro lugar: a de São Luís, conquistou em Registro Multimidiático; a de Pindaré-Mirim, em Resgate no Plano; e a de Bacabeira, conquistou o primeiro lugar em Dança.

O resultado garantiu vaga para o próximo Campeonato Mundial, em Taiwan, na China, no mês de agosto.

Entre as primeiras
No campeonato internacional, além do primeiro lugar, a equipe de Pindaré conquistou duas posições de segundo lugar: no Cabo de Guerra e no Resgate de Alto Risco. A de São Luís conquistou, ainda, três posições de terceiro lugar: na Dança, no Resgate no Plano e no Cabo de Guerra.

Para o reitor do instituto, Jhonatan Almada, os títulos demonstram que a robótica educacional no modelo do IEMA já é consolidada. “Essas conquistam provam que a juventude maranhense é capaz e que, quando tem a oportunidade, vai e conquista os melhores resultados", destaca o reitor.

Conquistas
As conquistas do IEMA na robótica educacional chamam ainda mais atenção porque essa disciplina foi inserida apenas em 2016, registrando, num curto período, grande avanço. Hoje, a robótica faz parte do currículo de todas as unidades do instituto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário