domingo, 4 de outubro de 2020

O Ministério Público do Trabalho vai investigar as causas de desabamento de prateleiras que matou uma funcionária de supermercado no MA

Acidente também deixou oito pessoas feridas. (Foto: Reprodução/MPT-MA

O MPT (Ministério Público do Trabalho) vai instaurar um inquérito para apurar as causas do desabamento de grandes prateleiras em uma filial da rede de supermercados Mix Mateus Atacarejo, em São Luís do Maranhão. Ocorrido na noite de sexta-feira (2), o acidente causou a morte de uma funcionária e deixou outras oito pessoas feridas.

Vídeos divulgados nas redes sociais mostram as estruturas metálicas despencando no espaço interno do estabelecimento, em uma espécie de “efeito-dominó”. No momento do acidente, a loja estava aberta e com clientes. O governador Flávio Dino informou que bombeiros continuam trabalhando em busca de possíveis vítimas.

A funcionária morte pelo desabamento é Elane de Oliveira Rodrigues, 21 anos. Nascida no município de Viseu, no Pará, ela trabalhava no local há cerca de um ano. O corpo será sepultado na tarde deste domingo (4).

De acordo com o Corpo de Bombeiros do Maranhão, a operação de resgate no supermercado durou mais de 11 horas e envolveu 14 viaturas, 144 bombeiros militares e 131 bombeiros civis, além de ambulâncias e viaturas de outros órgãos. Até a noite deste sábado, não havia informações atualizadas sobre o estado de saúde dos feridos. Uma criança está entre os resgatados.

O desabamento em si também gerou um curto-circuito que exigiu o corte temporário na energia elétrica do local, a fim de evitar incêndio. A medida de segurança acabou atrasando e dificultando parte dos trabalhos de resgate e busca por possíveis vítimas sobre os escombros.

Conforme o MPT-MA, serão cumpridas normas de saúde e segurança para evitar novos acidentes no local. O órgão também divulgou nota de solidariedade aos familiares das vítimas, além de reforçar o compromisso de atuar na defesa dos direitos trabalhistas e na garantia de um ambiente seguro e saudável.

“Sobre o acidente ocorrido na noite de sexta-feira no Mix Mateus Atacarejo, no bairro Vinhais, em São Luís, o Ministério Público do Trabalho no Maranhão informa que irá instaurar inquérito civil para apurar as causas”, acrescentou o texto. “O órgão ministerial ressalta que envidará esforços para que ocorra o cumprimento rigoroso das normas de saúde e segurança de trabalho a fim de evitar novos acidentes.”

O MPT-MA se solidariza com familiares e amigos das vítimas e reforça seu compromisso de atuar na defesa dos direitos trabalhistas e na garantia de um meio ambiente de trabalho seguro e saudável”, finalizou.

Empresa

Proprietário da rede de supermercados, o grupo empresarial Mateus também se manifestou sobre o incidente, por meio de um comunicado distribuído à imprensa:

“O Grupo Mateus lamenta informar que na noite dessa sexta-feira, 2 de outubro, houve um acidente no Mix Atacarejo da Curva do 90 no bairro do Vinhais. Imediatamente, todas as autoridades de segurança pública do estado foram acionadas e prontamente iniciaram o trabalho de apoio e, neste momento, realizam o resgate e o socorro dos feridos. O Grupo Mateus reforça que, neste momento, o que importa é o resgate dos envolvidas no acidente, o apoio às vítimas e seus familiares. O Sul.

Nenhum comentário:

Postar um comentário