quinta-feira, 24 de maio de 2012

Presidente da OAB/MA anuncia criação das Subseções de Barreirinhas e Barra do Corda

O presidente da OAB/MA, Mário Macieira, anunciou na manhã na quarta-feira (16/05), a criação de duas Subseções da Ordem, nas cidades de Barreirinhas e Barra do Corda, interior do Maranhão, com a finalidade de estreitar o relacionamento e os trabalhos dos advogados de cada uma das regiões onde os municípios estão localizados.
 
http://www.oabma.org.br/_files/gallery/Foto

O presidente da OAB/MA, Mário Macieira, anunciou na manhã na quarta-feira (16/05), a criação de duas Subseções da Ordem nas cidades de Barreirinhas e Barra do Corda, interior do Maranhão, com a finalidade de estreitar o relacionamento e os trabalhos dos advogados de cada uma das regiões onde os municípios estão localizados. O relator dos processos de criação das Subseções é o advogado João Batista Dias.
 As criações foram aprovadas na Sessão Ordinária realizada na terça-feira (15/05) pelo Conselho da Seccional, que irá aprovar a resolução para definir como será composta diretoria de cada uma das subseções.
Mário Macieira destaca a importância da criação das Subseções porque aproxima as ações da OAB/MA dos advogados que trabalham no interior e passarão a ter todo o apoio profissional e administrativo da Seccional.
“As subseções garantirão maior autonomia ao trabalho dos advogados nesses municípios, prestando melhor serviço a esses profissionais, suas prerrogativas e, por sua vez, à população da região, e devido à extensão territorial do Maranhão a criação dessas Subseções é muito importante”, destacou Mário Macieira.
Segundo o presidente da Seccional, a criação das subseções da Ordem também atenderá a demanda de advogados no Estado que já ultrapassa 11 mil profissionais em todo o Maranhão.
SEDES – As Subseções da Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Maranhão, (OAB/MA) vão funcionar nas salas dos fóruns de cada uma das cidades, porém, totalmente aparelhadas e com todas as condições de trabalho para atender os serviços dos advogados. 

 OAB/MA

Nenhum comentário:

Postar um comentário